segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Aos viajantes de primeira viagem

Você é daqueles que sempre sonhou em fazer uma viagem inesquecível para o exterior? Conhecer países da Europa, os Estados Unidos, ir à Disney, Nova Iorque, Paris, Londres (sim, porque esses são, sem dúvidas, os destinos mais procurados para quem sonha com uma viagem internacional).

Hoje, darei algumas dicas para que sua viagem seja perfeita (ou quase) e que nada saia errado. E a primeira coisa a ser feito é retirar o passaporte. Um processo fácil, porém que demanda algum tempo. Então vamos lá:

1º passo: Entrar no site da policia federal e preencher um questionário. Verificar os documentos necessários, pagar a taxa devida (sim, a gastança começa aqui, rs), agendar a ida na policia federal, etc. Não se assuste, o site é perfeito e esta tudo explicadinho, nos mínimos detalhes, não tenha medo e bora enfrentar esse primeiro desafio rs. Abaixo deixo o link de onde tudo começa, basta clicar em uma das opções (opção 1 para retirar o passaporte) e começar.



Acredito que o destino já esteja escolhido, certo? Neste ponto cabe a você decidir como vai programar a sua viagem. Ou você procura uma agência e paga o dobro, ou então se arrisca e faz sua programação. Eu escolhi a segunda opção e contarei a vocês como organizei tudo, vamos nessa? 

2º passo: Destino escolhido, é hora de saber documentos necessários para entrar neste país. Se precisa de visto, seguro viagem, vacinas, etc... Já se cansou???... procure uma agência. Se não, vamos seguir em frente.

Ninguém melhor que quem para nos ajudar nessa? O abençoado e santificado Guru Virtual: www.google.com.br. É muito simples, digite por exemplo: "Paris o que precisa" e VOILÁ, como num passe de mágica, tudo aparece em sua tela. Mas se você não quer arriscar, basta se ligar na seguinte dica: as três principais coisas que se deve preocupar ao entrar num país são:

VISTO | SEGURO-VIAGEM | VACINAS

O processo de visto varia, de país a país. Existem até os que não exigem ou dão o visto na hora; por outro lado, há aqueles que o processo é chato e demorado; mas não se iluda, você terá que passar por ele de qualquer maneira e sua agência de viagem não poderá providenciar pra você. Também existem profissionais no mercado que te auxiliam com o visto, mas antes de correr pra um deles, leia a respeito, pode ser mais simples do que você imagina, lembrando que, provavelmente você terá que desembolsar algum pelo visto.

Já o seguro viagem, ha inúmeras maneiras de fazer. Bancos, seguradoras, o seu cartão de credito, etc., e siiiiim, você pagará por isso também, como todo seguro. Existem cartões que oferecem este seguro gratuitamente, basta seguir as regras do cartão, tais como, pagar a passagem ou as taxas com ele.  Consulte a administradora do seu cartão de credito.

E por falar em cartão, providencie um internacional e não se esqueça de habilita-lo para usar no exterior, pelo menos no período da sua viagem, você não quer chegar la e ao passa-lo para pagar aquela compra incrível, descobrir que “deu ruim”. 

As vacinas necessárias também são determinadas pelo país. Faça uma pesquisa e providencie as agulhadas. Lembrando que não basta se vacinar, tem que solicitar o comprovante INTERNACIONAL, geralmente fornecido no mesmo estabelecimento em que se aplica a vacina.

3º passo: Aham, vocês acharam que eu havia esquecido né? E as passagens? Calma gente, já está com o passaporte em mãos? Então vamos providenciar isso agora. Ate porque uma viagem internacional não se programa de um dia pro outro, né! Seis meses no mínimo, são necessários para não haver erros e principalmente, para a viagem não ficar salgada e pesar no bolso. rs


Férias negociadas com o patrão, datas escolhidas,  dia que vai e volta decididos, destino enraizado na cachola? Vamos as pesquisas. Há duas maneiras de se comprar uma passagem. Pagando por ela rs ou trocando por pontos. Sim, se você gasta no cartão com força, chegou a hora de tirar vantagem nisso. Troque seus pontos por milhas smiles, pontos multiplus ou qualquer outro que eu não conheço rs...e resgate suas passagens. Quando pesquisei o smiles era mais jogo, por exemplo: Uma ida para Paris pela smiles, usaria 35 mil milhas, já pelo multiplus 45 mil (eu acho rs). Se você for pagar pelas passagens, uma dica boa é pesquisar os preços num desses sites de busca, como o www.decolar.com, ver a que mais te atende (valor, tempo de viagem, conexões, etc). Depois entre no site próprio da companhia aérea e veja o mesmo voo, você pode se surpreender com a diferença dos valores. Ah! Não fique engessado nos dias, pesquise sempre um, dois, três dias antes e depois da data programada, você também pode se surpreender. Isso se você tiver essa disponibilidade, claro! 

Dica super importante: Fique atento a voos com conexões, geralmente são mais baratos, mas existe a armadilha de conexões intermináveis e infinitas. rs Mais de uma conexão, ou conexões de horas de espera, pra mim, não rola.

Ainda sobre passagens, se sua viagem consta mais de um país, ou cidade, lembre-se que você terá que se deslocar de um lugar para o outro rs... Então novamente, decida o numero de dias em cada lugar e busque a melhor maneira de se locomover: avião, carro, trem, barco, charrete rs...

Outra dica: ao decidir por avião, a dica anterior também vale, a www.decolar.com também nos fornece esses voos, mas a atenção aqui deve ser redobrada. Ao escolher suas passagens, fique atendo no que ela oferece. A melhor maneira de não errar é se perguntar quais são as suas necessidades: tem serviço de bordo? Tenho direito a despachar bagagem? Qual o limite de peso? o voo é direto? Quanto tempo de voo? 

Se liga no peso da bagagem, há empresas que cobram taxas para despachar, já outras limitam o peso. Lembre-se que vc saiu com mala de viagem internacional e lá o peso pode ser de viagem doméstica.  Se sua escolha for trem, alugar carro, etc, o procedimento é simples, recorra ao Guru Virtual e pesquise. 

4º passo: Todas as passagens compradas, ir e voltar você já consegue, UFA! Agora vamos ver os locais onde o bumbum irá descansar rs. Nesse instante todos já pensam em HOTEL. Normal oras, afinal de contas quem viaja fica em hotel. Errado! Existem outras opções que podem, além de ficar mais barato, serem mais confortáveis, acolhedores, divertidos, sociáveis, privativos, etc rs... Calma gente, não sou contra ficar em hotéis, caso tenham pensado nisso rs... Já sobre viajar por agências...


Você pode optar por hotel, hostel, apartamentos, etc. A dica é: pesquise tuuuuudo!!!!

Se vai viajar sozinho e não se importa em dividir o quarto com pessoas que até o momento da sua chegada você não conhecia (sim, pq a partir do momento em que se pisa num hostel, todos querem saber quem é você), acredito que os hostels seja sua melhor opção. Se vai em dupla, ou em galera, pesquise hotéis e aptos. Lembrando que hotel é mais fácil, pois seu nomezinho estará salvo no sistema e sempre terá alguém na recepção. Já apto, vc depende de uma boa comunicação e que os horários estejam sincronizados, para não haver erros no check-in. Eu tive... rs ... Falei o horário de chegada ao aeroporto e a proprietária entendeu que seria o horário de chegada ao apto. Conclusão, quando cheguei não havia ninguém me esperando, tive que mandar mensagem pra proprietária e so depois ela enviou outra pessoa pra me entregar as chaves e apresentar o apto. Esperei por mais de uma hora, mas como estava a passeio, me sentei num restaurante acolhedor e com Wi-Fi (ponto importantíssimo em qualquer viagem), almocei e já postei umas fotinhas no instagram rs. E mesmo com esse pequeno problema, dou sempre prioridade a aptos, principalmente se a viagem for com um grupo de amigos. Pensem comigo, em hotel só existe um cômodo a seu dispor, ou seja, vc será obrigado a estar o tempo todo no mesmo ambiente, em aptos não, vc tem a opção da sala, da cozinha, do quarto, etc.

Há sites especializados nessas buscas na internet: para hostel, você pode usar o www.brazilian.hostelworld.com  Para hotéis e hostels tb tem o www.booking.com ( usei este) e para aptos existe o www.airbnb.com.br (também usei, muitos não conhecem, mas funciona direitinho).

Para escolher onde ficar em sua viagem, recorra também ao Google. Basta digitar, por exemplo “paris onde ficar” e estudar as dicas. Depois de escolhido os aposentos (me senti um mordomo agora rs) se liga na dica: fique atento aos seus horários de chegada e partida (você já tem as passagens, lembra?!?) e faça as reservas de acordo. Você não quer correr o risco de ficar sem teto, ou pagar por diárias desnecessárias, né!!! Caso os horários de check-in (entrada) e checkout (saída), sejam muito distantes da hora de chegada e saída do seu voo , tente negociar com o hotel, ou então fica mais uma dica: normalmente o horários de check-in  é as 14:00 hs e de checkout as 12:00 hs.

Pronto, sua viagem já está toda resolvida, já temos passagens e hospedagem. Agora é só esperar o dia chegar e embarcar... ERROU de novo, bobinho!
Vou deixar o resto pra uma próxima oportunidade. Meu espaço aqui acabou e minha patroa é braba....kkkkkkk.... mas calma, vc tem no mínimo seis meses para programar sua tão esperada viagem, esqueceu? Semana que vem eu to de volta, enriquecendo (ou te amolando) com minhas preciosas dicas. Até breve!!!!!!


Aqui ó

Sobre o Autor:
Liza Alvernaz | Paulo Magalhães |  Facebook - Instagram
Nascido em Rio das Flores, criado em Piraí. Nunca achou que pertencia às cidades pequenas do interior, e hoje, mesmo morando na cidade maravilhosa, essa sensação não o abandonou. Por isso, tenta extravasar, através do seus poemas, viagens e afins.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Adorei as dicas!!! Certeza que vou segui-las rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Paulo virou blogueiro e conselheiro de viagens. Ganhou um fã.

    Bruno Rangel

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©