terça-feira, 2 de dezembro de 2014

De volta à vida real

Parei pra pensar em como as coisas mais simples foram se tornando tão dispensáveis no dia a dia das pessoas. Antes era normal ligar pra quem você gosta só pra ouvir a voz e dizer 'boa noite', hoje só se liga pra alguém caso o sinal de internet não esteja pegando ou em caso de morte. 

As redes sociais serviam realmente para interagir e fazer novos amigos, hoje o que mais vejo são pessoas querendo mostrar que tem a vida mais perfeita do que a outra, postando milhares de fotos por mês e despejando xingamentos e palavras esdrúxulas contra alguma minoria ou assunto polêmico que esteja na mídia. 

A meu ver deixamos de valorizar as pessoas e passamos a valorizar um status que criamos para tentar nos destacar numa página de Facebook ou Instagram. 

Perdi as contas de quantas vezes vi colegas meus fazendo questão de mostrar o quão bem estavam à beira de uma piscina, ou tomando cerveja num bar quando na verdade estavam com problemas. Existe também o lado contrário, aqueles que querem mostrar para todos nas redes sociais detalhes de seus problemas pessoais, com textos imensos, fotos detalhadas do enterro da avó, indiretas ridículas para ex-namorado-ficante-peguete, fotos do curativo pra ver se recebem atenção suficiente nos comentários, etc. 

Que jogue a primeira pedra quem nunca teve vontade de perguntar para um 'amigo' o porquê dele postar sobre a doença de pele da bisavó, ou ainda colocar no Facebook que "está se sentindo com fome" ao invés de levantar e ir até a cozinha fazer algo para comer. 

A vida está tão banalizada, tão ridícula, que poucas pessoas sabem o prazer de ir até um parque, sentar na grama e ficar lendo, ouvindo o barulho das folhas e dos pássaros cantando. Quase ninguém se preocupa em ver os amigos que conversa todos os dias pelo Whatsapp e Facebook, daria muito trabalho sair de casa, é mais fácil ficar com o celular na mão 24h por dia (Sim, 24h porque sabemos que até dormindo olhamos mensagens no celular). 

Experimente se desligar por um dia. Repare a vida real que existe ao seu redor. Se preocupe de verdade com as pessoas que você ama, se a internet cair, você ao menos terá alguém pra conversar da maneira antiga: pessoalmente. 




Sobre o Autor:
Liza Alvernaz | Amanda Lira |  Twitter - Blog - Instagram

Sonhadora, pensativa, teimosa e indecisa. Escreve o que sente e o que vê. Há 19 anos neste mundo, Paulistana e Sagitariana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©