quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Dia de Natal

300 e tantos dias
Infinitos minutos passam,
simplesmente passam.
Dias normais,
O cotidiano domado.

Estou longe,
É natal
A saudade surge,
Como uma virose
A domar todo
 meu corpo

Lembranças, vontades,
Sorrisos, encantos
Tudo perdido, 
nada tenho

A tristeza
Dói no peito
Melancolia,
Lembranças, nostalgia
Mas é natal.

Desejo minha família,
Meu lar, meu universo.
Meus amores
Mas estou longe

É Natal!


Sobre o Autor:
Liza Alvernaz | Paulo Magalhães | Instagram
Nascido em Rio das Flores, criado em Piraí. Nunca achou que pertencia às cidades pequenas do interior, e hoje, mesmo morando na cidade maravilhosa, essa sensação não o abandonou. Por isso, tenta extravasar, através do seus poemas, viagens e afins.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Que lindo. Me deixou um tanto melancólica. Fico longe de meus pais o ano todo, com apenas algumas visitas a cada dois meses. Esse ano tive a sorte de conseguir passar o Natal aqui com eles.
    Um beijo grande

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lary, que bom que gostou. Tb tenho uma vida que nem sempre posso passar o natal com a familia e este ano foi um desses! Feliz por ter gostado do meu texto, obrigado!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©