quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Resenha | Bolsas, Beijos e Brigadeiros (Fernanda França)

Editora: Planeta de Livros Páginas302


Sinopse: Melissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Em uma nova fase de sua vida profissional, ela viaja à Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, além dos percalços comuns a uma mochileira no Velho Mundo, Melissa precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe - grávida de um filho temporão -, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. O que será que ele esconde? Por que desaparece sem deixar rastros e reaparece como se nada tivesse acontecido? É o que o leitor irá descobrir ao ler este saboroso romance misto de guia turístico da Europa.

Se você quer uma aventura doce sem ser melosa, com uma narrativa rápida e leve, banhada por um romance água com açúcar, acompanhada por um roteiro de viagens de trem pela Europa e regada a um tour gastronômico, certamente você vai gostar de BBB.

É uma leitura leve e que corre fácil e rapidamente. Para os amantes de viagens e mochileiros apaixonados ou sonhadores, o livro nos traz algumas pinceladas dos pontos turísticos mais procurados na Europa. 

Melissa é uma jornalista delicada, apaixonada, divertida e um pouco atrapalhada. Ela divide a viagem com seus primos Peppe, Gius, e Luca, além de uns agregados pelo caminho. 

Entre idas e vindas com seu namorado Théo, a personagem demonstra suas inseguranças e sua resistência em estabelecer um vínculo com seu amor. Do outro lado, Théo, alterna entre o romântico incorrigível e o indeciso inconstante! 

O livro é um banho de delicadeza e altamente indicado para umas férias de “ressacas literárias”. Terminamos a leitura com um breve gostinho de brigadeiro e todas aquelas comidas deliciosas que conhecemos pela viagem. É claro, com aquele desespero por viajar de verdade! 

Várias resenhas dizem que não é necessário ler o primeiro livro em que a autora retrata a personagem Mel em uma viagem de carro pelos Estados Unidos (Malas, Memórias e Marshmallows) para entender BBB. De fato, a história em si, não necessita da leitura desse outro livro, porém, percebi que tive dificuldades em me envolver com os personagens e com o enredo, porque não havia lido MMM. Tudo que parecia importante para Mel, parecia ser banal para mim. Com um pouco de demora (depois da página 110), fui me envolvendo e entendendo esse mundo tão sutil da personagem. 

Devo admitir que algumas cenas me deixaram receosa por beirarem clichês, porém elas foram salvas, quando nos faziam sentir como se estivéssemos em um filme dos anos 80. O livro saída de uma zona perigosa de se tornar meloso e entrava em seu mundo romântico, fofo e delicado! 

Enfim, Bolsas, Beijos e Brigadeiros é um livro doce, com narrativa fácil e ágil, cheio de romance, inteligente e capaz de nos carregar a universos gastronômicos instigantes e cenários curiosos.



P.S.: Vale lembrar que apesar de ainda não ter lido "Malas, Memórias e Marshmallows", acredito que sua leitura pode nos envolver mais rapidamente na narrativa de "Bolsas, Beijos e Brigadeiros".

Sobre o Autor:
Liza Alvernaz | Pit Larah |  Facebook - FanPage - Projeto
Autora do livro "Tribo do Amor", estudante de Pedagogia, dona da fanpage "Da tribo do amor" e idealizadora do projeto "Clube Literário Palavras ao Vento". Valenciana de coração, hiperativa por natureza, viciada em livros e séries, exageradamente intensa, um verdadeiro desajuste!

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Nossa, me apaixonei! Já me identifiquei com a personagem, me quero assim no futuro: jornalista e fazendo mochilões pelo mundo!

    www.girlsmachine.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um sonho a vida da personagem!!! Beijos! Volte sempre! ^^

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©