quarta-feira, 17 de junho de 2015

Especial anos 80 | Os Trapalhões e a Princesa Xuxa

Oi gente, tudo bem com vocês? 
Essa semana o Epifania está todo no clima dos anos 80. Ontem o Vic fez uma playlist incrível, que vocês podem conferir aqui!

Hoje a Natalia traz pra gente uma dica super especial de filme! Vamos relembrar esses anos incríveis? Vem!

(Eliza Alvernaz)


Sinopse: O diabólico Ratam (Paulo Reis) assume o poder do planeta Antar, após a morte do imperador local, e ordena que todas as crianças sejam capturadas para trabalharem como escravas. Mantida sempre dentro do palácio, a Princesa Xeron (Xuxa) acredita que o povo de seu reino está feliz e que tudo está correndo bem. Enquanto isso, do lado de fora, os príncipes Mussaim (Mussum), Dedeon (Dedé Santana) e Zacaling (Zacarias) se unem ao Cavaleiro Sem Nome (Renato Aragão), para que juntos possam derrotar Ratam.



Não é novidade que Os Trapalhões e a apresentadora Xuxa marcaram muitas gerações através de seus programas, Especiais e filmes. Quem na década de 80 não lembra deles? Impossível. Um ou outro ou os dois ainda moram na memória feliz de muitos que foram crianças nessa época e até hoje guardam com carinho esses momentos.E eu não sou diferente. Minhas férias tinham que ter os programas e filmes deles para ser completa. Sempre amei ambos e me divertia fácil com a alegria simples e contagiante que tanto Os Trapalhões tinham ao fazer sua comédia simples, doce, inocente e verdadeiramente engraçado quanto a Xuxa, que tinha músicas que viravam "hinos" e um programa que era sucesso garantido.

Esse filme acaba sendo a síntese disso tudo. Temos a Xuxa como uma Princesa/Rainha, que já era considerada, nessa época, assim pelos baixinhos e temos aquelas velhas, mas gostosas piadas de Didi, Dedé, Mussum e Zacarias. É uma história até bobinha se comparado aos filmes de super produção que são feitos para as crianças hoje em dia, porém tem a marca registrada de mostrar o bem x mal, a esperança, a superação e o final feliz, que é marca registrada de todos os filmes da apresentadora e dos comediantes e que, a meu ver, inspirou muitas pessoas a nunca desistir daquilo que traz paz e felicidade. 

Quando Mussaim (Mussum), Dedeon (Dedé Santana) e Zacaling (Zacarias) se unem ao Cavaleiro Sem Nome, que mais tarde virou Diron (Renato Aragão), para que juntos possam derrotar Ratam, salvando a princesa Xeron das garras do vilão e a população do Planeta Antar da pobreza e do autoritarismo, o filme passa valores como liberdade, valorização a natureza, cuidado com as crianças, luta por ideais comuns e luta contra trabalho escravo, principalmente o infantil. Valores que até hoje devem ser exaltados. Lembrando que não fazia muito tempo que tínhamos saído de uma Ditadura, logo, essas ideias tinham que ganhar força cada vez mais.

Foi realmente maravilhoso e gratificante rever essa história. Deu vontade de assistir novamente todos os filmes que marcaram minha infância. Qualquer baixinho da época deveria passar por essa experiência de rever quais foram os princípios que nos era passados, matar as saudades de Mussum e Zacarias, rever um pouquinho do Trem da Alegria, que faz parte do filme também e foi grande sucesso na década de 80 e início dos anos 90 e lembrar como era muito bom a época de Xou da Xuxa. Façam o teste e comprovem!



Sobre o Autor:
Liza AlvernazNatalia Menezes |  Twitter  |  Todos os posts do autor
Amante de futebol, música, filmes e livros, sempre foi apaixonada por histórias, seja lá de qual maneira forem contadas. Ama tanto lidar com o abecedário em forma de frases e parágrafos, que acabou se formando em Letras.
_____________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©