segunda-feira, 8 de junho de 2015

Resenha | Por que eu? (Sinélia Peixoto)



"Por que eu?" - Autor: Sinélia Peixoto - Editora: Chiado Editora - Páginas: 493


Sinopse: Elizabeth é uma mulher de 28 anos, de Brasília, que decide começar o ano de 2013 de forma diferente. Estagnada? Podemos dizer que sim. Sem perspectiva de mudanças? Também! Ela busca algo melhor para si, por isso vai a Porto Seguro passar o reveillon com as amigas para encerrar uma fase de sua vida e dar início à outra, mais adulta e com muitos desafios. Lá, ela conhece Antônio, uma advogado também de Brasília. Eles curtem juntos e quando voltam a Brasília começam um romance. Elizabeth está se descobrindo. Ela pede demissão de seu emprego e começa se dedicando aos cursinhos para concurso. Antônio já é estável e independente. Quem é ela? Ela se pergunta e comparada a ele, ela se acha um Zé Ninguém. Ela se sente perdida em meio à tudo que tem que aprender e descobrir sozinha. Ela é uma pessoa honesta e sincera consigo mesma; luta para se analisar e se entender sempre; ele quer ajudá-la profissionalmente. Ele quer mais! Ela luta contra ele, tenta não se entregar, luta para ser honesta consigo mesma e aprender mais sobre si mesma sempre. Eles se casam, apesar de Elizabeth colocar empecilhos e juntos têm dois filhos. O primeiro livro desta trilogia é sobre esse primeiro momento, no qual os dois estão se descobrindo, ela buscando se profissionalizar, ele aprendendo com ela a se abrir mais, se conhecer, a filosofar, a analisar sua vida, seus pensamentos e a ser honesto consigo mesmo. Os dois buscando um relacionamento cada dia melhor, aprendendo sobre o casamento e também buscando o que os satisfaça sexualmente. Eles se dedicam muito à vida sexual do casal, aprendem sobre o corpo do outro, sobre os gostos do outro; se conhecem e melhoram juntos, com carinho, dedicação e atenção. É um livro no qual Elizabeth discute muito consigo mesma, tenta entender suas neuroses, tenta se descobrir sexualmente e descobrir como é o casamento, a gravidez, a vida a dois e sua luta por melhoria profissional. Com um final muito triste e cheio de esperanças para o próximo livro.

Se eu tivesse de definir a protagonista de nossa história em uma palavra, eu diria: "real". Pois é bem isso que Elizabeth, uma mulher de 28 anos, de Brasília, é.
Estamos acostumados com protagonistas perfeitinhas, com personalidade bem definida. Características que não existem, afinal, ninguém é o tempo todo seguro, o tempo todo decidido e satisfeito. Somos feitos de momentos e tais momentos nos levam a formar nossa personalidade pautada em falhas, acertos, virtudes, defeitos e tudo o que é comum em seres humanos e que, muitas vezes, são esquecidos quando tratando-se de protagonistas. Mas esse, definitivamente, não é o caso de "Por que eu?". Primeiro livro de uma trilogia da autora Sinélia Peixoto, ele conta a história de uma mulher decidida, independente e segura... Ou não! Pois é, Elizabeth, como qualquer mulher no auge de seus 28 anos, enfrenta dúvidas, questionamentos, anseios e muitas, muitas reflexões acerca de sua vida e destinos.

A autora conseguiu me levar pro corpo da personagem totalmente. Me identifiquei muito, me envolvi e, sobretudo, me encantei com tudo relatado.

A narrativa é envolvente todo o tempo e rica em detalhes, o que facilita tanto a identificação, como a criação de todo o cenário apresentado.

Terminei a leitura amiga íntima da protagonista!
Outro ponto forte da obra de Sinélia, é o fato de cada personagem secundário ser extremamente bem construído. Cada um ocupa um lugar muito marcante na história, não servindo de meros apoios, mas fundamentais em todo o decorrer da trama. Nós nos envolvemos com cada um, com o mesmo carinho que acontece com o casal principal.

Em "Por que eu?", Elizabeth decide iniciar o ano de 2013 de forma diferente do habitual. Determinada a reconstruir sua vida, ela une-se a um grupo de amigos e parte rumo a Porto Seguro para passar o reveillón, onde a regra é: se divertir ao máximo!

Em meio à toda diversão, Beth beija um desconhecido e, a partir dali, os dois tornam-se inseparáveis.

Antônio é um homem alto, forte, advogado, praticamente perfeito e daqueles bem difíceis de deixar escapar!

O personagem traz características que criam um equilíbrio com Beth, já que ele vem com uma personalidade muito mais segura e prática do que nossa protagonista.
Os dois criam um laço forte mas, Beth precisa voltar pra realidade de Brasília. E é aí que o destino da aquela mãozinha e tudo se encaixa. Elizabeth encontra Antônio em Brasília e, então, não há mais distância geográfica para impedir que esse romance aconteça.
Nós passamos a vivenciar cada passo desse romance realista e que nos leva a diversas reflexões.

Um livro que me encheu de questionamentos a respeito do amor, amizade, laços familiares e, ainda, o papel que a mulher moderna vem ocupando no cotidiano.
Me surpreendeu a narrativa, a trama e capacidade que a autora teve em me levar para dentro da história com essa história divertida, emocionante, reflexiva e extremamente deliciosa!

O final me deixou com um nó na garganta e uma vontade imensa de ter logo a sequencia em minhas mãos!


Sinélia Peixoto me ganhou e, mais uma vez a Editora Chiado me contemplou com uma excelente obra!


Sobre o Autor: 
Liza AlvernazEliza Alvernaz |  Twitter - Skoob |  Todos os posts do autor
Pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e Gestão de Ensino. Leitora compulsiva, libriana desastrada, apaixonada por filmes e séries, viciada em internet e corujas. Mora no interior do Rio de Janeiro, mas não desiste de ganhar e mudar o mundo!

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Larissa Castanhari8 de junho de 2015 23:20

    Adorei a resenha. Tenho visto o livro em algumas redes sociais e ja fiquei bem curiosa. Vou ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Larissa! Depois conta pra gente! :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©