quinta-feira, 30 de julho de 2015

1 filme por semana 25/54: O Gabinete do Doutor Caligari

Olá, tudo bem com vocês?

No "1 filme por semana" de hoje, atendemos ao tema "Um filme preto e branco". Venham ver minha escolha e deixem suas opiniões nos comentários! 





Foi necessária uma boa dose de pesquisas para conseguir resenhar este filme, já que eu pouco sabia sobre o expressionismo alemão.



Lançado em 1920, com roteiro de Hans Janowitz e Carl Mayer e direção de Robert Wiene, o filme possui 52 minutos de duração e em minha visão, foi no mínimo intrigante!

Apesar de já ter ouvido falar do “Expressionismo Alemão”, nunca havia visto um filme desse Movimento e, mesmo já sabendo das características dessa corrente, com certeza mergulhar no mundo de “O Gabinete do Doutor Caligari”, foi bastante estranho!



Para continuar falando do filme, preciso adiantá-los sobre esse Movimento do cinema, para que vocês entendam a mensagem que o filme nos passa.

O Expressionismo Alemão teve início no cinema mais ou menos em 1920 e ilustrava o sentimento de frustração e depressão generalizada que os alemães viviam na época.
Derrotados após a 1º guerra mundial e humilhados após assinar o Tratado de Versalhes, com seu dinheiro e sua moral desvalorizada, a Alemanha vivia um momento muito delicado e a nação inteira partilhava da consciência coletiva de humilhação. Era um povo que estava sendo mal visto pelo mundo inteiro, com uma realidade amarga e pessimista.
E então, o expressionismo alemão surge combatendo a realidade com a emoção e a ludicidade. Influenciado por Nietzsche, Van Gogh e Freud, mostrando além das emoções também os desafios à autoridade, os filmes dessa corrente carregavam uma forte carga psicológica criando no espectador, uma sensação de pesadelo e realidade distorcida. 



Tentando trazer o lúdico e o psicodélico em uma época onde o cinema era mudo e em preto e branco, a forma que o movimento usou para caracterizar-se, foi montar cenários distorcidos, ângulos bizarros e uso de sombras. Os atores abusavam das expressões corporais e faciais exageradas e todo o conjunto parecia ser um teatro filmado.




E depois de conhecermos qual a intenção dos diretores do Expressionismo Alemão, podemos falar de O Gabinete do Doutor Caligari. O enredo se resume a uma feira itinerante que como atração traz um homem (Caligari) que controla um sonâmbulo que faz previsões sobre o tempo de vida das pessoas. O problema é que ele acerta essas previsões e as pessoas passam a ser assassinadas. Depois de algum tempo, descobrimos que Doutor Caligari era o diretor de um manicômio que hipnotizava seus pacientes para realizar suas atrações. O final do filme, nos mostra que tudo não passa de um delírio de um jovem que começa a contar a história. O que eu não sabia, era que o roteiro original foi modificado para ser melhor comercializado e o final era o Doutor Caligari em uma camisa de força depois de ser descoberto. 




Um filme que fala de poder, manipulação e loucura, composto por dramas em excesso, tristeza, terror e angústia, O Gabinete do Doutor Caligari, traz todas essas características e ainda nos mostra a visão de uma mente doente e o poder de política manipuladora. Apontado por listas de filmes para quem curte psicologia, nos sentimos mergulhados na loucura de um homem que acredita estar sendo perseguido. Um confronto entre o real e o imaginário. 





_____________________________________________________________________________________________
Sobre o Autor: 
Liza AlvernazPit Larah |  Facebook - FanPage - Projeto
Autora do livro "Tribo do Amor", estudante de Pedagogia, dona da fanpage "Da tribo do amor" e idealizadora do projeto "Clube Literário Palavras ao Vento". Valenciana de coração, hiperativa por natureza, viciada em livros e séries, exageradamente intensa, um verdadeiro desajuste!

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Heey!
    Meeu Deus, o filme parece ser excelente!! Gosto muito de psicologia e com certeza vou assistir ^^
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  2. Oi, Guilherme!
    Quando assistir, vem contar o que achou! ;)

    ResponderExcluir
  3. Que post completo e bem feito, uau :)
    E o filme me parece incrível tb, daqueles que nos tiram da zona de conforto.

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Camila, a gente sempre adora quando você aparece/aparecia por aqui! Parceira mais que querida! <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©