quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O Mágico de Oz - O Filme - Especial Infantil - 1 filme por semana: 29/54

Lançado em 18 de Setembro de 1939, dirigido por Victor Fleming e estrelado por Judy Garland, O Mágico de Oz é um filme baseado no livro homônimo de L. Frank Baum. 
Dorothy mora no Kansas com sua tia Em e seu tio Henry. A menina possui um cachorro chamado Totó. Um dia, uma vizinha rica, chega na casa da menina acusando o cachorro de entrar em sua propriedade e quer levá-lo embora. Depois de apresentar um documento, a mulher consegue levar o cachorro que foge e volta para os braços de Dorothy.






Com medo da vizinha voltar, ela foge de casa, mas logo encontra um mágico farsante que, fingindo ver na bola de cristal que sua tia está doente, acaba fazendo menina voltar para casa. Quando volta, um ciclone chega junto com ela e sua família já está acolhida no porão. Dorothy fica em seu quarto pensando no que fazer, quando o vento abre uma janela que bate em sua cabeça e a faz desmaiar. A casa é sugada pelo ciclone até que chega na Terra de Oz. 


Para mostrar a monotonia da vida no Kansas, o livro o descreve em tons de cinza. No filme, usaram tom de sépia, e quando Dorothy abriu a porta de casa e viu o colorido que estava a sua volta, percebeu que não estava no Kansas e ficou maravilhada!
Glinda, a Bruxa Boa do Norte, agradece a menina por matar a Bruxa Má do Leste e libertar o povo Munchkins que eram escravizados. Mas Dorothy explica que não queria ter matado nenhum bruxa e só quer voltar para casa. A Bruxa Má do oeste surge reivindicando os sapatos da irmã que foi morta, mas Glinda faz uma magia que faz os sapatos irem para os pés de Dorothy. Furiosa, a bruxa má promete vingança e vai embora.


A Bruxa Boa, diz para a menina seguir pela estrada de tijolos amarelos até a Cidade das Esmeraldas, onde encontrará O Mágico de Oz que poderá arrumar uma forma dela voltar para casa. Durante sua viagem, Dorothy encontra o Espantalho (que quer ter um cérebro), o Homem de Lata (que quer um coração) e o Leão (que quer ter coragem). 
Todos ficam amigos e decidem ir juntos pedir ajuda do mágico. 


O filme O Mágico de Oz, desperta nossa criança interior, estimulando nosso lado lúdico! Com atores super expressivos e uma fotografia (mesmo antiga) encantadora, essa história doce e apaixonante ganha vida magnificamente através deste filme. Assim como o livro, nos mostra como os sonhos são nossa estrada de tijolos amarelos conduzindo-nos aos nossos objetivos.

Destaca o valor da amizade, o amor, a compaixão e a solidariedade.



*Algumas Diferenças do Livro:

No livro, Dorothy consegue realmente voltar para casa. No filme, a justificativa era de que tudo não passou de um sonho, e Dorothy acorda em casa. 
No livro, conhecemos pouco a vida de Dorothy no Kansas. No filme, eles exploram essa parte para criar um contexto que justifique o sonho de Dorothy. 
No livro, o Kansas é cinza, No filme, fizeram em tom de sépia.
No livro, o Lenhador de Lata era chamado de Lenhador de Lata. No filme, ele era o Homem de Lata.
No livro, o sapato de Dorothy era prateado, No filme, acharam que destacaria melhor se fosse vermelho. 


_____________________________________________________________________________________________
Sobre o Autor: 
Liza AlvernazPit Larah |  Facebook - FanPage - Projeto
Autora do livro "Tribo do Amor", estudante de Pedagogia, dona da fanpage "Da tribo do amor" e idealizadora do projeto "Clube Literário Palavras ao Vento". Valenciana de coração, hiperativa por natureza, viciada em livros e séries, exageradamente intensa, um verdadeiro desajuste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©