quarta-feira, 20 de julho de 2016

Já tive e tenho amigos...

Eu tive amigos que eu achei que seriam para a vida inteira, mas duraram alguns meses ou alguns anos. Tive amigos que achei que jamais me magoariam, mas magoaram. Tive amigos que acreditei que jamais me decepcionariam e decepcionaram. Tive amigos que disseram que sempre estariam lá e no primeiro obstáculo não estavam. Tive amigos que me "trocaram" pelo colegas de trabalho, pelas noitadas ou pelos namorados. Tive amigos que sempre que diziam me dizer a verdade, na verdade só me julgavam. Tive amigos que falavam que me aceitavam do jeito que eu sou e quando tiveram a oportunidade só me deram defeitos.



Tive amigos que me faziam acreditar que realmente eu não sou bonita ou interessante ou boa o suficiente porque queriam parecer sempre melhores do que eu. Tive amigos que tinham medo da espontaneidade e da minha inteligência. Tive amigos que me elogiavam, mas riam de mim sem eu saber. Tive amigos que não perdiam a oportunidade de falar mal de mim. Tive amigos que disseram que me ajudariam, mas sempre tinha uma desculpa para não ajudar. Tive amigos que tentavam adivinhar ou criar quem eu sou e nunca procuraram saber mesmo quem eu sou. Tive amigos que na primeira oportunidade se afastaram como se eu tivesse sempre um peso. Tive amigos que não eram amigos!


Eu tenho amigos que por mais que a gente seja diferente, a gente se ama, se dá bem e se entende. Tenho amigos que já saiu e entrou tantas vezes da minha vida que não tem como duvidar que é amizade. Tenho amigos que são tão parecidos comigo, que se fôssemos gêmeos não seria tanto. Tenho amigos que sabem o significado das palavras verdade, respeito, solidariedade e amor. Tenho amigos que eu achei que a vida tinha levado embora, mas voltaram e nada mudou. Muitas vezes, melhorou. Tenho amigos que podem não estar na sua vida insistentemente todos os dias, mas percebem a sua presença e sabe quando eu preciso de um ombro amigo ou dividir um sorriso. Tenho amigos que me conhecem ao ver a minha cara. Tenho amigos que sabem o que estou pensando pelo meu olhar. Tenho amigos que são de infância e outros que entraram na minha vida há bem menos tempo. Tenho amigos de todas as épocas da minha vida. Tenho amigos que já quase não fazem parte da minha vida, mas nunca deixam de morar no meu coração estarem nas minhas preces. Tenho amigos que são irmãos que a vida me deu. Tenho amigos que moram perto e outros que moram longe. Tenho amigos que se importam comigo e me aceitam com todos os meus defeitos e problemas. Tem amigos que fazem parte da família e amigos que se tornaram família. Tenho amigos que a gente discorda, se desentende, mas a gente se entende também, afinal, somos amigos. Tenho amigos que me trazem lágrimas nos olhos e gargalhadas que não querem parar. Tenho amigos que falam o que quero e quando preciso o que não quero ouvir para o meu bem. Tenho amigos que já foram um pouco minha mãe, tia, professora. Tenho amigos que faço de tudo para vê-los felizes e sei que é recíproco. Tenho amigos que são raros, únicos, humanos e especiais porque são eles. Tenho amigos que tenho o orgulho de chamar de amigo. Tenho bem poucos amigos, muito menos do que eu mesma chamo de amigo, mas são importantes para mim, independente da época que esteja passando ou de como o mundo me vê.



#FelizDiaDoAmigo


Sobre o Autor:
Natalia MenezesNatalia Menezes |  Twitter  |  Todos os posts do autor
Amante de futebol, música, filmes e livros, sempre foi apaixonada por histórias, seja lá de qual maneira forem contadas. Ama tanto lidar com o abecedário em forma de frases e parágrafos, que acabou se formando em Letras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©