quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Resenha | A verdadeira Bela (Li Mendi)

Título: A verdadeira Bela
Autor: Li Mendi
Editora: Highlands
Número de páginas: 157


Sinopse: Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos. Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado. Com muito bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender o seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno.


segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Cultura do estupro, texto viralizado e tristes interpretações!

Olá, tudo bem com vocês?

Ontem (?) viralizou um texto nas redes sociais em que um rapaz relata algo nada surpreendente e novo. Apenas mais um conto erótico usando "estupro" como tema para sua narrativa. Sim, porque eu quero MUITO e estou fazendo um esforço gigantesco para acreditar que o texto em questão trata-se apenas de uma "fanfic". O que, por si só já dá muito pano pra manga. 

sábado, 24 de setembro de 2016

Existe apoio para a depressão? - Parte 4

Olá, tudo bem com vocês?
Setembro ainda não terminou, a campanha permanece e, claro, não para com o término do mês. No entanto, hoje postaremos a última parte da série que fizemos aqui no blog, com o intuito de contribuir - minimamente - dando espaço para quem pudesse contribuir com seu relato, sua experiência com a depressão e outros transtornos psíquicos que, sem a ajuda necessária, podem levar a situações extremas, como o suicídio - tema principal da campanha do setembro amarelo. 

Mais uma vez, deixo aqui registrado que nosso blog e nossos contatos estarão sempre disponíveis para quem quiser/precisar de ajuda, apoio, conversa. Mas a ajuda de um profissional da área é FUNDAMENTAL, NECESSÁRIA E INDISPENSÁVEL. Procurem um psicólogo e/ou um psiquiatra ao menor sintoma de depressão. Não deixem que ela tome conta de vocês! 

Para conferir os posts anteriores, basta clicar nos números:  1 - 2 - 3 

Hoje trazemos um texto do Cícero M. Ribeiro!

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Existe vida "após" a depressão? - Parte 3

Olá, tudo bem com vocês?

Chegamos à terceira parte da nossa minúscula contribuição com a campanha do Setembro Amarelo. Se você não acompanhou os posts anteriores e gostaria de conferir, basta clicar nos números a seguir:  1 - 2

Em breve encerraremos, mas gostaríamos que soubessem que este Blog sempre estará aberto para quem quiser compartilhar com outras pessoas seus relatos sobre depressão, transtorno de pânico ou qualquer que seja o que lhes impede e/ou dificulta qualquer passo na vida! 

Estamos aqui! Seja para lhes dar espaço, voz, ou simplesmente emprestar nossos ouvidos fora daqui, por que, não!? Mas não esqueçam o primordial: Procurar apoio de um especialista - Psicólogos e psiquiatras! 
Eles nos ajudam a nos reencontramos quando tudo está perdido... 

Sem mais, vamos ao relato do Rodrigo e da Mara!


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Existe vida durante a depressão? - Parte 2

Olá, tudo bem com vocês?

Como eu disse no post anterior, onde dei meu relato sobre como venho (sobre)vivendo com a depressão nos últimos meses - e se você não viu, basta clicar AQUI - algumas pessoas abriram seus corações também. Postarei dia a dia, aproveitando o Setembro amarelo.

Se você quiser compartilhar conosco sua experiência, mande seu relato para qualquer um de nossos contatos. E pode escolher se quer que seja postado de forma anônima, ou não.

Hoje trazemos o relato pessoal da Amanda, e o relado do Rodrigo, que apoia o irmão nessa luta contra a depressão.


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Existe vida durante a depressão? - Parte 1

Olá, tudo bem com vocês?

Postei no instagram que falaria sobre depressão no blog mas, nas raras vezes em que anuncio precipitadamente o dia em que algum post será feito, os Astros se alinham de forma para que isso não aconteça. Sendo esse um assunto em que eu queria tratar com a delicadeza e cuidado que ele merece, não poderia desmerecer todos os recados que recebi, todos os relatos, opiniões e postar algo rapidamente apenas para cumprir prazos prometidos.
O post não saiu no dia prometido, mas está saindo de uma forma que nem eu esperava! Com muito peito aberto e coração escancarado, e não apenas o meu, a partir de  hoje algumas pessoas abrirão seus corações para vocês. Pessoas contando suas experiências, pessoas nos dando um suporte... Bem, senta aí. Puxa a cadeira, vamos conversar. Precisei dividir em partes, mas vale a pena acompanhar tudo! 

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Desculpe o transtorno, Gregório, preciso falar da Natalia.

Conheci ela na escola. Essa frase não tem nada de romântico e não é para ter mesmo. Eu já estudava na escola em questão, estávamos na alfabetização e ela veio de outro colégio. Entrou já com as aulas começadas, o que fez com que a atenção de toda a turma fosse atraída. Nunca vou me esquecer: a saia azul-marinho pregueada, a camisa muito branca de botões e a menina mais branquinha que eu já havia visto. Branca de Neve em pessoa.

A empatia foi à primeira vista, Pelo menos pra mim.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Resenha | A garota no trem ( Paula Hawkins)


Título: A garota no trem
Autor: Paula Hawkins

Editora: Record
Número de páginas: 378



Sinopse: Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor.Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas dágua, pontes e aconchegantes casas.Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida.Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Resenha | Maria do Sol (Alice Raposo)

Título: Maria do Sol
Autor: Alice Raposo
Editora: Fundação Quixote
Número de páginas: 127


Sinopse: “Um crime, uma culpa, um fantasma...”
Todo livro tem sua história, algo que foi o propulsor para sua criação. Maria do Sol surgiu de uma madrugada que trouxe um sonho. Durante o dia se materializou em um conto. Dois anos após, voltei-me para ela e a concluí. Pedrinho e Maria do Sol irão nos levar por um caminho sem volta. É claro! Pois todo percurso que se segue não há como retroceder em suas consequências. Por isso, agir sem pensar não é um meio a se seguir. Seremos morada das consequências de nossos atos. Portanto, é tão importante analisar cada passo que será dado, não matematicamente como num jogo, pois a existência se tornaria fria e sem vida, mas com verdade, diálogo e sinceridade no agir.


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Resenha | A menina que não sabia ler (John Harding)

Título: A menina que não sabia ler
Autor: John Harding
Editora: Leya
Número de páginas: 288



Sinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação? 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©