segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Resenha | A menina que não sabia ler (John Harding)

Título: A menina que não sabia ler
Autor: John Harding
Editora: Leya
Número de páginas: 288



Sinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação? 



Olá!!! Tudo bem com vocês!

Hoje vou falar um pouquinho sobre o livro "A menina que não sabia ler", do autor John Harding.
Este é o  tipo de livro que te faz pensar em como uma história pode mudar a sua vida, seja positiva ou negativamente. Faz você questionar até onde vai a sua imaginação e o quanto você sabe diferenciar o real da fantasia.
O livro parece inofensivo, mas ao passar do tempo você começa a questionar as atitudes de Florence e a forma que ela tenta a todo custo proteger o seu irmão mais novo Giles.

Faz um bom tempo que li, mas não posso negar que toda vez que olho pra ele me pergunto: Será que era a imaginação dela ou realmente tudo aquilo aconteceu da forma como ela contou?
Tem o segundo que ainda não li, mas preciso ler e descobrir o que aconteceu.

“Pela primeira vez compreendi que não havia nada inteiramente bom e nada inteiramente ruim, que cada página tem uma mancha e, por essa mesma razão, eu esperava todas as noites sombrias por uma pequena luz brilhante. Isso me deu esperança…”



O livro tem algumas fases, a da protagonista aprendendo a ler completamente sozinha, pois, seu tio, quem cuidava dela e do irmão, a proibia de aprender (não sabemos o motivo) e depois temos a chegada de uma babá. 
Com isso coisas estranhas começam a acontecer, vários segredos surgem, mistérios rondam a casa que eles vivem.

Vendo a capa com essa menininha,  você imagina que seja um livro inofensivo que conta a história de uma criança que foi proibida de ler e deve que aprender sozinha, mas não se iluda!  
É muito mais do que uma história contada por uma criança que tenta proteger seu irmão do perigo do mundo... Muito mais do que uma menina que aprende a ler sozinha... Muito mais... Muito!

Mas...  Será que o mundo é mesmo perigoso? Ou ela?

“Eu me sinto em casa com todos esses livros em torno de mim. É como estar entre amigos. São tantas histórias que posso imaginar me baseando nas imagens. Quem tem imaginação, nunca será prisioneiro.”


Vocês já leram?
O que acharam? Conta pra gente!!! 

Beijos... Até o próximo post!



Sobre o Autor: 
Liza AlvernazDayane Trindade |  Instagram |  Todos os posts do autor
Uma típica pisciana, sonhadora, distraída e apaixonada por livros deste criança. Viciada em séries e filmes de fantasia, romance e de super-heróis. Esteticista, mas que sonha em cursar letras, e ser escritora. Melhor remédio sempre foi uma folha de papel em branco e um lápis. Acumuladora de pedaços de papel escritos com pensamentos que aparecem a toda hora.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©