27 de dezembro de 2016

Carta para o Miguel - Por Natalia Menezes

Miguel,

Você ainda não me conhece, mas eu sou a Natalia, para você, provavelmente a Tia Naty ou a Tatá. Sou prima da sua mãe. Sempre fomos muito amigas, desde criancinhas. Na verdade, eu sempre fui mais do que a prima mais nova, sempre fui a maior fã dela. Desde criança tinha ela como ídolo. Queria usar roupas parecidas, gostar das mesmas músicas, comer o que ela gostava de comer – embora essa parte não tenha dado muito certo – e até um brinco de ouro eu joguei fora por ela. Coisa de fã. Um dia você terá seus ídolos e vai me entender (só espero que não jogue nada de ouro fora). Nossa amizade sempre foi pautada no respeito, no amor e na fraternidade. E sempre foi tão grande, que virou “irmandade”. Por isso sempre a chamo de prima-irmã. Então, você é meu primo-sobrinho. Até madrinha de casamento eu fui dos seus pais, para você ver que a relação da gente é coisa séria.

14 de dezembro de 2016

Minha bolha matriarcal, escolhas e redes sociais! - Por Eliza Alvernaz

Eu não vim a esse mundo a passeio e, fora a morte, esta é uma das poucas certezas que trago comigo. 


"A minha alma tá armada e apontada para a cara do sossego!"


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©