quinta-feira, 4 de maio de 2017

Redes Sociais, comentários, Bullying e Caso Lindsay Woods

Olá, tudo bem?

Já faz um tempo que quero trazer, aqui para o Blog, um tema que tem me gerado um desconforto muito grande nas redes sociais, em especial no Twitter, Instagram e Facebook. No entanto, toda vez que eu tentava fazer um post começava a escrever e, em seguida,  apagava tudo. Várias e várias vezes. 
Mas acho que agora tá na hora! Bora, lá!
Todo mundo sabe o que é Bullying, certo? Esse termo, de tão conhecido e debatido, já está sendo até banalizado, infelizmente. Mas precisamos continuar falando! Quem lida com crianças e adolescentes diariamente, principalmente em ambiente escolar, sabe exatamente as consequências que essa prática pode acarretar. 

Há cerca de um mês, mais ou menos,  você deve ter lido em todos os lugares (inclusive aqui) - se por acaso não assistiu - sobre a série "13 Reasons Why". Nesta série, Hannah Baker, após uma sequência massacrante de diversos tipos de abusos físicos e psicológicos, vindo de seus próprios colegas de colégio, chega ao ápice do sofrimento e comete suicídio. A menina deixa 13 fitas contando, em cada uma delas, cada razão que a levou a seu ato final. E, claro, as fitas são destinadas a cada pessoa que lhe fez mal. 
Bem, não preciso me prolongar pois, como já disse, você deve ter lido muito sobre esta série. E não é, exatamente, sobre ela que eu quero falar. A série aqui, é apenas uma introdução para chegarmos ao ponto que eu quero conversar com vocês!

Quando todo mundo muita gente já tinha assistido "13 Reasons Why", os textões a respeito saíam nos blogs e facebooks, perfis em homenagem à protagonista eram criados no instagram, e uma gama imensa de gente seguia debatendo apaixonado pela série. 

Não quero falar de qualidade técnica, de atuação, roteiro, nada disso. Até porque, já fiz "mais ou menos" isso no post que fiz aqui no Blog (link dois parágrafos acima). O que eu quero saber de você, é se você acha que as pessoas realmente entenderam a série? E, você? Entendeu? Que mensagem essa série passa? E porque ela é tão necessária?

Eu pensei que sim. Eu realmente pensei que a maioria das pessoas haviam entendido, que a série havia tocado e mexido com elas de alguma forma. Eu acreditei que aquelas pessoas que estavam comentando tanto nas redes sociais, criando perfis, estavam se colocando no lugar de Hannah e lutando para mudar seus destinos. Acreditei que outras estavam colocando-se no lugar dos "porquês" e mudando suas atitudes para evitarem o destino de futuras Hannah's. 

Só que não. 

Se você assiste uma obra ficcional, seja série ou filme, e não consegue compreendê-la além do entretenimento, muito será perdido. 

Tem uma frase que eu gosto muito que diz: "Ler sem refletir é o mesmo que comer sem digerir". Estendo-a para todos os tipos de histórias, de ficção... 

De que adianta você passar horas sentada em frente a TV, fazer maratona de "13 Reasons Why" e continuar xingando as pessoas nos comentários das redes sociais? Continuar fazendo discurso de ódio e lançando mão da falácia de "opinião"? De que adianta continuar fazendo "chacota" de tudo e todos que você diz não gostar, e justificar com o falso argumento de que a pessoa é pública e deve estar sujeita a isso? De que adianta continuar com comentários machistas, racistas, homofóbicos e chamar de piada? De que adianta chorar com Hannah Baker e dizer que outra pessoa, dando sinais muito semelhantes, "só quer chamar atenção"? 

Eu tenho muitos, muitos, mas MUITOS exemplos pra postar aqui. Se você der uma passeada por qualquer rede social, não vai precisar de mais de dez minutos pra encontrar pessoas utilizando seu tempo no computador para depreciar o outro. Adolescentes que estampam suas capas de facebook com fotos da série, mas seguem praticando justamente o que a série alerta contra. 

Entre tantos exemplos, escolhi um fato bem recente pra falar com vocês. 

Caso Lindsay Woods:

Pra você que nunca ouviu falar na moça citada, explico. Lindsay Woods é o nome artístico de Kelly Basbasque, desde 2006. Ela é uma Youtuber com mais de 480 mil inscritos. 

Há cerca de uma semana, Lindsay postou em sua conta no twitter as seguintes mensagens:



Rapidamente, seus fãs se preocuparam e começaram a twittar pedindo por informação, qualquer que fosse. Assim como, para que alguém próximo a ela pudesse ajudá-la. 

Lindsay tem um relacionamento conturbado com sua família, já mencionou isso em alguns vídeos. Morava em um apartamento com o namorado, Rodrigo, de quem havia se separado recentemente e, ao que constam as informações, de sua família só mantém contato com algumas tias, mais ninguém. 

A Youtuber já disse sofrer de depressão e já deu claro sinais da doença em alguns vídeos. 

Depois dessas mensagens, uma amiga dela noticiou que mandou a polícia na casa dela, que eles a levaram para um hospital - para que ficasse em observação - e que ela passava bem! 

Quando deixou o hospital, Lindsay voltou a twittar:



Enquanto Lindsay estava em observação no hospital, Rodrigo, seu já ex-namorado, optou por ir em uma festa ao invés de visitá-la. Nitidamente magoada e enraivecida, a menina desabafou no twitter, para seus seguidores e quem mais quisesse ver. 

Acontece que não tratava-se apenas de uma mágoa pelo ex, de uma "dor de cotovelo" ou algo parecido. As declarações de Lindsay foram bastante sérias e demonstraram mais um relacionamento abusivo em que ela estava envolvida nos últimos tempos. 

Rodrigo disse em seu instagram que "ninguém sabe 1/10 do que eles passaram" e, mais tarde, Lindsay apagou todas as tuitadas deixando apenas uma explicação onde dizia que ele nunca bateu ou a socou, que o braço roxo é do ano passado e resultado de uma segurada forte e apertões. E que, sim, haviam agressões verbais!

Pois bem, pensei eu que a comoção seria geral. Pensei eu que as pessoas de perto dela fariam qualquer coisa para se aproximar ainda mais e ajudá-la de qualquer forma. Pensei eu que as pessoas do lado de cá da tela do computador teriam empatia e não fariam outra coisa a não ser emitir muita energia positiva pra ela. Pensei errado.

Os comentários que se seguem foram tirados de diferentes redes sociais e se referem a Lindsay Woods e toda essa situação específica.




Em uma das redes sociais em que retirei alguns desses comentários, o perfil oficial de Lindsay chegou a ser marcado. Ou seja, caso ela tenha disponibilidade/interesse/curiosidade, ela poderá vir a ler essas mensagens (e MUITAS outras, eu só peguei essas porque realmente não tenho estômago para tudo o que tem por lá). 

Agora, coloque-se no lugar dela, neste momento pelo qual ela está passando, por um instante, e imagine esta situação! 

Cadê toda aquela empatia que você posta nas redes sociais? Aquelas frases fofas, cheia de equilíbrio e harmonia? 
Cadê o aprendizado que você tirou da série citada lá em cima e de tantas outras obras? 
Cadê seus valores? Seus sentimentos? 

Eu realmente quero acreditar que as coisas irão mudar, que o mundo será um lugar melhor pra se viver um dia... Eu só não gostaria que demorasse tanto!


Menos julgamentos nocivos, mais empatia! Mais amor. Sem favor!



Por hoje é só, um beijo e até o próximo post!

Liza AlvernazEliza Alvernaz |  Twitter - Skoob |  Todos os posts do autor
Pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e Gestão de Ensino. Leitora compulsiva, libriana desastrada, apaixonada por filmes e séries, viciada em internet e corujas. Mora no interior do Rio de Janeiro, mas não desiste de ganhar e mudar o mundo!



Comente com o Facebook:

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©