quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Aquela Tag Cinematográfica #3 | Filmes (e séries) e seus adjetivos

Olá!!! Tudo bem? 

Há algumas semanas (muitas X=), Rodrigo e eu, trocamos figurinhas sobre alguns conteúdos para Blog. Dentre eles, muitas TAG's! Esta foi retirada lá do canal Meus 2 Centavos e você pode ver o que o Rodrigo respondeu entrando no blog dele aqui: Blog do Rodrigo Magalhães. Ficou muito divertido!!!

A ideia da Tag é relacionar alguns adjetivos a personagens de filmes. Mas eu gosto de bagunçar  inovar as coisas e enfiei uns personagens de séries também! 

Então vem conferir as minhas escolhas!

1 – Um personagem perspicaz:



Hermione Granger é perspicaz, inteligente, sagaz e qualquer outro adjetivo similar. Ela é peça fundamental na hora de salvar a pele do Harry de inúmeras situações ao longo da Saga e, por isso, merece estar encabeçando esta lista!

2 – Um personagem louco:





"Eu não sou louco, minha realidade é diferente da sua!" Chapeleiro Maluco não estaria de fora, mesmo sendo muito mais são do que possamos supor. 

3 – Um personagem misterioso:



Terminei a primeira temporada de "The OA" sedenta pela segunda. Cheia de teorias. Mas a verdade é que a jovem OA continua sendo um grande mistério. Só as próximas temporadas para elucidar e mostrar se alguma especulação minha está correta, ou não. 


4 – Um personagem feio:



Rumplestiltskin, de Once upon a time, é feio até no nome, né nom?

5 – Um personagem belo:




Marilyn Monroe foi uma das mulheres mais lindas de todos os tempos. Juntando sua beleza, inteligência (que muitos desconhecem e desdenham) e todo um leque de adjetivos que eu poderia ficar aqui listando, enumerando... mas não vou porque, em breve, sairá um especial sobre esta Diva aqui no Blog. Eu poderia ter escolhido qualquer personagem dela que, mesmo nos filmes mais fracos, bela é algo que suas personagens sempre estão - e aqui estou usando o sentido literal, cru, direto, objetivo, da palavra.


Escolhi Lorelei Lee de "Os homens preferem as loiras" porque, assim como outros clássicos da atriz, este ficou imortalizado e, vira e mexe, alguém reproduz, algumas de suas cenas mais famosas. Fato que ocorre até em outros filmes. 

A versão de Monroe da canção "Diamonds Are a Girl's Best Friend" e seu vestido cor de rosa são considerados icônicos, e a performance da música inspirou homenagens de Madonna, Geri Halliwell - eterna Spice Girl - Kylie Minogue, Nicole Kidman - coisa mais linda de Moulin Rouge -  Anna Nicole Smith, Christina Aguilera... 

Bela <3 Diva <3 Eterna <3



6 – Um personagem porco:



Sabe quando a pessoa é porca em todos os sentidos? Nas atitudes, na higiene, em tudo? Esse psicopata, sequestrador, estuprador, asqueroso... é Ariel Castro, representado por Raymond Cruz em "Sequestro em Cleveland", filme baseado na história real do sequestro de três jovens que durou mais de dez anos. Nojento!

7 – Um personagem psicopata:



"No amor você abandona seus sentidos, mas no ódio você precisa estar ciente para calcular suas ações." - O psicopata mais pika de todos os tempos. Ele, sim, Dr. Lecter!

8 – Um personagem azarado:



Seria melhor se esse item fosse "um personagem chaaaaato". Mas vamos enquadrá-lo em azarado. O 'coitado' tenta, tenta, tenta de todas as formas encontrar a mulher da sua vida, uma mãe para seus filhos e, junto a isso, vive um romance de-vez-em-quando-não-correspondido com Robin. E durante 9 temporadas e muitos relacionamentos frustrados, tudo acontece com Ted Mosby até que ele tenha seu grand finale (eca). 

P.S.: Nem Josh Radnor, intérprete de Mosby, deve ter curtido aquele final. Vamos esquecer isso!

9 – Um personagem sortudo:



Um detetive desse, bicho!

Se você ainda não assistiu Dirk Gently's Holistic Detective Agency, acaba de ler isso aqui e corre pra ver.
Dirk é um detetive holístico ("que procura compreender os fenômenos na sua totalidade e globalidade" ou qualquer porra assim). Ele segue sua intuição, acredita na conexão das coisas e tem muita sorte (ou não?) no decorrer da série. 

Adoro! <3


10 – Um personagem esquisito:  




Kirk Gleason, o cara dos 1001 empregos que conseguem ser mais esquisitos que ele próprio! 

O personagem de Sean Gunn, de Gilmore Girls, é um esquisito que perambula por Stars Hollow sem nenhum grande destaque mas que se tornou indispensável!

11 – Um personagem atrapalhado:





Mais atrapalhado que esse super herói às avessas, será que tem? Chapolin Colorado, Ícone.


12 – Um personagem sofrido:


- CONTÉM MUITO SPOILER - 


Gente. Gen-te. Como que essa mulher ainda não cortou os pulsos? 

Meredith sofre desde pequena com a relação com sua mãe, não cresceu com o pai, já segurou uma bomba dentro do peito de um paciente, desistiu de lutar pela vida depois de cair em um rio quando tentava salvar um paciente e entrou em coma, sofre um desastre de avião, perde a irmã, perde o marido-amor-da-vida... E isso são só algumas coisas. Tem MUITO MAIS!
Eu, sinceramente, desconheço alguém que sofra mais que essa aí!


13 – Um personagem determinado:




"A vida de David Gale" não é um filme para te fazer escolher um lado. É um filme com uma bandeira bem levantada para um viés: contra a pena de morte. E vem com tudo pra mostrar as falhas do sistema que levam à condenação fatal. E, para mostrar isso, os personagens David Gale e Constance Hallaway são extremamente determinados.

Faz 14 anos que vi esse filme (muito tempo!). Mas quis citar os dois porque, mesmo nunca o tendo revisto, ainda são bem marcantes na minha memória. 


14 – Um personagem sábio:


"São nossas escolhas que revelam o que realmente somos, muito mais do que nossas qualidades!" - Porque Dumbledore é muito mito. 

15 – Um personagem burro:


Joey Tribbiani foi escrito para ser burro. Daí o próprio intérprete do personagem, Matt LeBlanc questionou os roteiristas de como todos os outros seriam tão amigos dele, e por tanto tempo, sendo ele tão burro. Mudaram. 

Só que nem tanto. 

Joey é aquela mistura de vários clichês: bonitão, pegador, uma inocência divertida... Mas, pra completar os clichês, resolveram ir deixando ele mais e mais burro a cada ano. Desnecessário, mas não fez ele menos amado.

16 – Um personagem inútil:


Desculpa, mas nunca entendi, nem vou entender (acho - não terminei a série, ainda, abandonei na 4ª temporada X= ). Mas, gente, quatro temporadas são suficientes pra um personagem mostrar a que veio. E Matt não mostrou nada além de um rostinho bonitinho e uma fofura: duas coisas tranquilamente dispensáveis se não vêm acopladas com qualquer história.

 17 – Um personagem egoísta:


Eu AMO Sex and the City. Estará sempre (?) entre minhas preferidas.  Mas nunca poderei dizer que mega curti a evolução da Carrie e que gostava do Mr Big. Egoísta, egocêntrico, chato, babaca, escroto... Ah, gente, detesto!

18 – Um personagem conflituoso:


Príncipe Phillipe é um personagem conflituoso e que eu espero ver muito ainda na série. 



19 – Um personagem travesti:


Eu não queria furar nenhum item, mas juro que não consegui pensar em nenhum filme ou série com personagem travesti. O único que ficou na minha cabeça foi o "Priscila, a rainha do deserto", porque foi a escolha do Rodrigo. Mas vi esse filme há tanto, tanto tempo, que nem me lembro bem. Sendo extremamente sincera, achei desonesto colocá-lo só para não deixar em branco. 

Resolvi deixar sem nenhum e já estabeleci uma nova meta: vou fazer uma pesquisa sobre filmes com travestis, assistir alguns e depois conto aqui quais valem a pena, quais são estereotipados etc. ;)



20 – Um personagem malandro:


Ok! Digamos que excedi um pouco o significado de "malandro" e o Frank Abagnale Jr. de Leonardo DiCaprio seja bem mais que isso. Falsário, né meu povo. Mestre dos mestres da fraude, assaltante de banco, impostor. 

Mas, convenhamos, o cara tem que ser muito malandro pra viver tanto tempo fugindo do FBI, fazer tudo o que fez contando com uma lábia tamanha, conquistando um tanto de gente e coisas - tudo antes dos 18 anos - e hoje ainda ser presidente de uma empresa de consultoria contra fraudes financeiras. 

Não repitam isso em casa!

 21 – Um personagem idoso:


Vovó Tala, de Moana,  quase entrou no personagem sábio, pois bem caberia também. Mas precisava encaixar Dumbledore e ela veio para cá, não menos importante. Que avó maravilhosa! <3


22 – Um personagem preconceituoso:



O filme "O amor é cego" é todo preconceituoso e comumente visto como o contrário. Não me atirem pedras. Vamos lá: Hal é um cara que segue os conselhos de seu pai, prestes a morrer, e apenas se interessa por mulheres com o físico perfeito. Ele, então, encontra um guru que o hipnotiza e o faz ver a """""beleza interior""""" das mulheres. 

Sem saber dessa hipnose, ele conhece Rosemary, começam a namorar e Hal a trata muito bem, cheio de carinho e tudo como deve ser.

Por estar hipnotizado, Hal "vê Rosemary como uma verdadeira deusa" (trecho da sinopse). Todos ao redor estranham, a família de Rosemary teme que ela seja magoada... Para!!! Por que tem sempre que ser a gorda a escolhida pra retratar a rejeitada, a que não pode e/ou consegue ser amada? Aff.

Odeio esse filme. Odeio Hal, independente do final. Odeio essas comédias românticas, esses estereótipos. 


23 – Um personagem medroso:



Uma imagem vale mais que mil palavras! Salsicha e Scooby têm medo até da própria sombra (eu também!). 

24 – Um personagem corajoso:


Vocês acharam que eu não ia clocar mais personagem de Alice? É ruim, hein!? A Alice de Lewis Carroll é muito curiosa e extremamente corajosa, bem diferente das crianças de sua época. Tim Burton captou bem essa essência e retratou sua Alice muito melhor do que o que tentaram fazer nas animações.



25 – Um personagem mau:




Tentei fugir dos grandes vilões, assassinos, psicopatas e trouxe a icônica Miranda Priestly. A verdadeira "diaba"! Deus nos livre de ter uma chefe dessa, não é mesmo? Isola!!!




E aí, gostaram? 

Já fizeram essa TAG? Mandem o link nos comentários se fizerem ou já tiverem feito. :) 

Beijos e espero vê-los no próximo post!



Liza Alvernaz
Eliza Alvernaz |  Twitter - Skoob |  Todos os posts do autor
Pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e Gestão de Ensino. Leitora compulsiva, libriana desastrada, apaixonada por filmes e séries, viciada em internet e corujas. Mora no interior do Rio de Janeiro, mas não desiste de ganhar e mudar o mundo!

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Oi Eliza, tudo bem?
    Hermione é uma personagem perspicaz mesmo, adoro ela! Essa foto do Dr. Lecter dá um medo, esse olhar penetrante. kkk Não conhecia a série Dirk Gently's Holistic Detective Agency, mas fiquei bem curiosa, vou procurar.
    Dumbledore é sábio mesmo! Não assisti sex and the city, mas quando vi a foto do ator pensei que era um personagem de the good wife, que me irrita. rs Eu adoro a Vovó Tala.
    Adorei tuas respostas!
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kamilla! O ator (Chris Noth) de "The Good Wife", que faz o Peter Florrick é o mesmo de "Sex and the city", e os personagens conseguem ser igualmente irritantes. kkkk Será que é um problema do ator? ahhahaha

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©