3 de março de 2018

Minhas impressões | Três anúncios para um crime (Projeto Oscar 2018)


Imagem relacionada
Título Original: Three Billboards Outside

Ano de produção: 2017

Direção: Greta Gerwing

Estreia no Brasil: 15 de fevereiro de 2018

Duração: 93 minutos

Nota: 9 /10






Olá, pessoas!

O Oscar está bem próximo (dia 04) e eu já trouxe minhas impressões sobre os filmes Lady Bird, meu queridinho, e A Forma da Água, o campeão de indicações.

Já hoje, vou falar do filme que conquistou as principais premiações consideradas "pré-Oscar" e, por isso, pode vir com tudo amanhã!

Confira as indicações:

Melhor Filme
Melhor Atriz - Frances McDormand

Melhor Ator Coadjuvante - Sam Rockwell
Melhor Ator Coadjuvante - Woody Harrelson

Melhor Roteiro Original
Melhor Trilha Sonora Original - Carter Burwel 

Melhor Edição 

Em "Três anúncios para um crime" vamos entrar em uma trama que gira em torno da história de Mildred Hayes (Frances McDormand), que dá vida à uma mãe que perdeu sua filha em um crime brutal, em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. Cansada feat revoltada com o fato de a polícia local ter, simplesmente, abandonado a busca pelo estuprador e assassino de sua filha, Mildred aluga - por um ano - três enormes outdoors e coloca uma frase em cada.



Cada frase colocada é curta, impactante, objetiva e atinge, imediatamente, seu alvo: o xerife, chefe da polícia.

Não há nenhuma pista, não há suspeitos. Há apenas uma mulher bastante dura, que sabe exatamente o que quer, não teme nada e ninguém e, na maior parte do filme, vive como se já não tivesse nada a perder, apesar de ainda ter um filho. E, assim sendo, ela parte na luta contra a ineficiência da polícia neste crime que levou sua filha!

A premissa do filme, por si só, já é um dramalhão daqueles. Se eu tivesse lido a sinopse, com certeza, teria "tomado um tombo" ao pensar tratar-se de uma coisa e, na real, ser outra totalmente diferente.

Não esperem lágrimas em litros. Não esperem que o diretor vá abusar da fatalidade, detalhar, esmiuçar isso bem na sua cara. Não. Não é isso! É outra vibe.

Ao conseguir azucrinar a polícia, Mildred atinge, também, a população local. E, enquanto é hostilizada por eles, nós vamos nos simpatizando cada vez mais por sua personagem e sua luta.

Os personagens - todos - do núcleo policial à namorada do ex-marido de Mildred, receberam uma caracterização bastante estereotipados. E é exatamente isso que, penso eu, fez o equilíbrio e deu o corte para que "Três anúncios..." 'pulasse' fora do dramalhão total. Os estereótipos são cômicos, com a finalidade de fazer uma crítica à polícia interiorana, ainda conservadora, preconceituosa, racista, machista, homofóbica, e menos preocupada com a segurança da cidade e os casos reais, e mais com abuso de poder e status. E toda essa figura é muito bem representada pelo ator Sam Rockwell, que interpreta o policial Dixon, controlado por sua mãe e permeado de ambiguidades em sua personalidade.



Mas Dixon não é o único personagem ambíguo no filme, aliás, poderíamos arriscar dizer que toda a trama carrega a ambiguidade em seu roteiro. Ninguém ali é totalmente bom, ninguém é totalmente mau. Não há vilões aniquiladores, nem mocinhos para salvar a história.

É um filme que retrata, estereótipos a parte, a natureza humana.

Em todo momento eu fiquei com os famosos "cidadãos de bem" na cabeça. Essas pessoas que bradam nas redes sociais por suas próprias "justiças", dizendo estarem em favor do bem e que não precisamos de profunda análise para percebemos quantos equívocos moram em cada um.

Também refleti sobre o quanto somos capazes de mudar diante de determinadas situações - seja para o bem, ou para o mal. E, claro, até onde estamos determinados a irmos por alguém, por uma situação.

As atuações do filme são impecáveis, todas atendem à proposta e deixam a gente bem conectado com o filme do início ao fim.

Eu sou #teamdramalhão sempre, né!? Então, assim que terminei, dei uma reclamada da veia cômica e achei que o filme poderia ter sido todo trabalhado no chororô. Mas depois, passando esse momento, refletindo, digerindo a crítica que me foi entregue, fui diluindo desse primeiro impacto e contemplando o filme melhor.

A atuação de Frances está maravilhosa e, POR FAVOR, entreguem-lhe O OSCAR!

Um filme sobre o melhor e o pior que habita em cada indivíduo, e como todos estamos suscetíveis a despertar tanto um, como outro em nós mesmos.

Indico muito!

Vem Oscar!


Já viram? O que acharam?

Além desses três filmes, outro preferido meu foi "Corra!" mas, pelas circunstâncias da vida que contei um pouco neste post aqui, não o resenhei em tempo. Amanhã sai post com meus palpites pro Oscar! Mas na tabela fixada no menu "Desafios" tem selecionado todos os filmes que eu assisti e estão concorrendo à uma estatueta amanhã.





Beijooos, e espero vê-los no próximo post!




Liza AlvernazEliza Alvernaz |  Twitter - Skoob |  Todos os posts do autor
Pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e Gestão de Ensino. Leitora compulsiva, libriana desastrada, apaixonada por filmes e séries, viciada em internet e corujas. Mora no interior do Rio de Janeiro, mas não desiste de ganhar e mudar o mundo!



























Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Oi Eliza!
    Esse é meu favorito pra levar o prêmio hoje, apesar de eu tb ter gostado demais de A Forma da Água e O Destino de uma Nação. Então, se um desses dois levar eu tb fico satisfeita.
    O que mais me agradou em Três Anúncios foi o fato de os personagens não terem uma construção maniqueísta. Eles são caricatos mesmo, mas são tão reais!
    Ao mesmo tempo que mostram absurdos cometidos por alguns policiais, também mostram o lado mais humano de outros; ao mesmo tempo que mostram a dor da mãe que perdeu a filha de uma forma tão cruel, também mostram os erros dessa mãe.
    A mensagem que fica, pra mim, é a de que existem erros e acertos em qualquer grupo, qualquer profissão, assim como ninguém é só bom ou só mau.
    Enfim, eu poderia falar muito mais sobre esse filme porque eu realmente amei, mas vou parar por aqui! kkkkkk
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi! Obrigada por somar ao post! Uma pena ter perdido pra "A forma da água"... Eu realmente achei que ele iria levar...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©