15 de março de 2018

Top 5 #5

Olá, pessoas! Tudo bem?

Se você ainda não leu, muito provavelmente, já ouviu falar do livro "outros jeitos de usar a boca" da poetisa feminista Rupi Kaur. Mas, se você por acaso não sabe do que estou falando, tudo bem também. Hoje vou falar um pouquinho deste, e de outros quatro livros com pegadas parecidas para que você possa se inspirar nessas minas maravilhosas, mergulhar em poesia, deixar doer fundo e entender que é possível superar tudo. 

Se liga nas dicas!
"Livros de poesia feminista"

1 - 

 Outros jeitos de usar a boca  

Título: outros jeitos de usar a boca
Autora: rupi kaur
Editora: Planeta 
Número de páginas: 208

Sinopse: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.

Este foi o livro que, sem dúvidas, despertou todo mundo para a poesia feminista e contemporânea. A forma como 'rupi escreve dialoga diretamente com a gente. Numa fluidez tamanha, vamos lendo sua obra como se estivéssemos diante de uma rede social. Mas ao passar por cada palavra impressa ali percebemos a profundidade do que rupi fala. A maioria dos poemas só sendo mulher para compreender tamanha riqueza de sentimentos ali depositados. Nos demais, basta a sensibilidade e o olhar. 

Não espere encontrar um livro para que você dê significados aos versos. Eles já vêm carregados de uma bagagem intensa de quem viveu, vive e está ao lado daquelas que passam por tudo de mais amargo na vida e, ainda assim, encontram seus finais felizes. 

todos nascemos
tão bonitos

a grande tragédia é que
nos convencem de que não somos



2 - 

O que o sol faz com as flores

Título: o que o sol faz com as flores
Autora: rupi kaur
Editora: Planeta 
Número de páginas: 256

Sinopse: Da mesma autora de outros jeitos de usar a boca, best-seller com mais de 100 mil exemplares vendidos no Brasil. "o que o sol faz com as flores" é uma coletânea de poemas arrebatadores sobre crescimento e cura. ancestralidade e honrar as raízes. expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você. Organizado em cinco capítulos e ilustrado por Rupi Kaur, o livro percorre uma extraordinária jornada dividida em murchar, cair, enraizar, crescer, florescer. uma celebração do amor em todas as suas formas.

Em sua segunda coletânea, rupi retoma com toda força do livro anterior, porém, com um ás na manga, que faz toda a diferença aqui: ancestralidade, expatriação e muita intensidade nos poemas que imprimem a relação com a figura materna. Intenso, marcante sem ser piegas, profundo sem ser prepotente, acessível sem ser meramente superficial. É o que posso adiantar sobre mais essa delicadeza em versos livres!

sim
é possível
odiar e amar alguém
ao mesmo tempo
é o que faço comigo mesma
todo dia

3 - 

A princesa salva a si mesma neste livro

Título: a princesa salva a si mesma neste livro
Autora: amanda lovelace
Editora: Leya 
Número de páginas: 208

Sinopse: Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito.

Muitas semelhanças com os livros anteriores, não é mesmo? Título e autora em minúsculas, capa preta, desenho branco... Enfim, a imagem fala por si. Pois é, apesar de editoras diferentes, até o número de páginas da primeira obra de rupi e a de amanda lovelace são as mesmas. Também temos aqui os mesmos versos livres e fragmentados, que tocam nossa alma destacando sempre a importância da mulher entender seu lugar de fala, compreender sua força e autossuficiência.

se eu tiver
uma filha
algum dia,
a primeira
coisa
que vou
ensiná-la a amar
será
a palavra
“não”
e
não
vou deixar que ela se sinta
culpada por
usá-
la

– “não” é uma abreviação para “foda-se

4 - 

Tudo Nela Brilha E Queima - Poemas De Luta E Amor

Título: Tudo nela Brilha e queima - Poemas de Luta e Amor
Autora: Ryane Leão
Editora: Planeta
Número de páginas: 192

Sinopse: Estreia em livro de Ryane Leão, criadora da página onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes. Livro de estreia de Ryane Leão, mulher negra, poeta e professora, criadora do projeto onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes. “a poesia é minha chance de ser eu mesma diante de um mundo que tanto me silencia. é minha vez de ser crua. minha arma de combate. nossa voz ecoada. nossa dor transformada. nela eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições, os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos.

O primeiro nacional da nossa lista não perde em NADA para os já citados. No mesmo esquema remexe nossas dores > acolhe > abraça, "Tudo nela brilha e queima" também vai tratar de temas tais como: relacionamentos abusivos, empoderamento feminino, liberdade, luta da mulher, sexualidade e muito mais. 
O livro é incrivelmente envolvente e, nele, somos levados aos versos que exaltam mulheres infinitas,como a própria Ryane escreve, e a resistência delas. Maravilhoso!

até hoje ninguém foi capaz
de medir o seu tamanho
você é caos
e coração
você é oceano
e furacão
te desvendar
é para quem não teme
mulheres infinitas

5 - 

Um Útero É do Tamanho de um Punho

Título: Um útero é do tamanho de um punho
Autora: Angélica Freitas
Editora: Cosac & Naify
Número de páginas: 96

Sinopse: Em seu segundo livro, a gaúcha Angélica Freitas reúne 35 poemas marcados por uma visão crítica extremamente original, animada por um humor que deixa o leitor em suspenso entre a seriedade e o riso. Os versos precisos revelam o domínio da poeta sobre a linguagem.
Um útero é do tamanho de um punho tem a mulher como centro temático: procurando definir que figura feminina é essa que nossa cultura trata de desenhar e que se desconstrói incessantemente, a autora questiona de um lado o mundo, de outro a própria identidade.
Angélica Freitas estabelece uma relação sutil entre os poemas, de modo que sua voz se torna mais contundente ao longo da leitura.

Bem longe de qualquer clichê, neste nacional de Angélica Freitas, contamos com bastante bom humor para tratar de temáticas que algumas vezes passam sutilmente, outras questionam as condições femininas de forma mais forte e ácida. 
Não se trata de um livro altamente revolucionário, tampouco com qualidade literária incrível como os outros indicados... No entanto, vale a leitura! Tem personalidade, identidade ímpar e deixa uma experiência muito bacana.

uma mulher gorda
incomoda muita gente
uma mulher gorda e bêbada
incomoda muito mais
uma mulher gorda é uma mulher suja
uma mulher suja
incomoda incomoda
muito mais

uma mulher limpa
rápido
uma mulher limpa



As dicas de hoje são essas, espero que gostem. Contem-me depois!
Um beijo e espero vê-la no próximo post.



Liza AlvernazEliza Alvernaz |  Twitter - Skoob |  Todos os posts do autor
Pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e Gestão de Ensino. Leitora compulsiva, libriana desastrada, apaixonada por filmes e séries, viciada em internet e corujas. Mora no interior do Rio de Janeiro, mas não desiste de ganhar e mudar o mundo!

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Amo o de Rupi!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que bacana essa dica. Eu conheço o primeiro de ouvir falar, mas os outros ainda tinha ouvido pouco a respeito. Já tem alguns que vão para a lista.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Eliza,
    Eu adoro tudo que a Rupi escreve, mas por enquanto só vejo no Insta mesmo. Ainda não deu pra comprar os livros haha.
    Os outros tb parecem ser bacanas.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    Tenho bastante curiosidade nos livros da Rupi ♥
    Espero conseguir ler seus livros em breve! Adorei as dicas de leitura ♥

    bjs
    https://blogperdidanasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ganhei Outros jeitos de usar a boca ano passado e estou ansiosa para ler logo, esses livros atualmente fazem muito sucesso e claro devido ao momento em que vivemos eles são essenciais.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Já me acostumei que seus post são sempre bons, mas este, estava lendo-o normalmente e então me prendi do início ao fim. Você me fez ficar tão interessada nos livros que li até as sinopses (coisa que nunca faço).
    Já tinha ouvido falar de dois deste, principalmente de Outros jeitos de usar a boca, no entanto, nunca tive a oportunidade de lê-los e sinceramente, fiquei curiosas com todos os livros (tá, o último da lista não me chamou tanta a atenção, mas ainda assim fiquei curiosa).
    Estou procurando mais livros que falem sobre a mulher, sobre o feminismo, sobre essas lutas que precisamos enfrentar diariamente. E, estou procurando mais livros de poesia, porque ando lendo pouco deles, por isso, seu post foi realmente interessante para mim.
    Já anotei as dicas e espero poder comprá-los logo, logo.
    P.S: Adorei os trechos que você escolheu sobre cada livro, já estou imaginando o quão maravilhosos eles são.
    Bom, com este comentário (me empolguei demais), você já deve ter percebido que amei mesmo o post

    Beijos.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário delicioso!!! Muito, muito obrigada por tanto carinho. Fico muito feliz quando o conteúdo agrada vocês tanto quanto a mim, enquanto estou escrevendo.
      E, que bom que meu post encaixou justamente no que você está procurando neste momento!!! ♥
      Amei seu comentário, de verdade, encheu meu coração. Muito obrigada!
      Beijooos!

      Excluir
  7. Oi Eliza que post inspirador! Adorei sua lista de indicações e confesso que A princesa salva a si mesma neste livro foi o que mais me chamou atenção, o título é sensacional!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do título ao final, esse livro é um encanto! Vale a leitura! ♥

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Equipe Epifania | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©